Frango japonês - Desafio 100 anos da imigração Japão-Brasil

domingo, 31 de agosto de 2008



A fôfa da Akemi do Pecado da Gula, (menina este nome combina tanto comigo, você nem imagina), lançou o Desafio de 100 anos da Imigração Japão/Brasil.

Minha homenagem para este povo maravilhoso que mudou o nosso país por inteiro com sua sabedoria, tranqulidade, disciplina e delicadeza. A todos vocês descendentes deste país tão único, o meu abraço apertado e agradecimentos.

Na culinária, os japoneses arrasam, soube que eles adoram comer e cozinhar, mas eles o fazem de uma forma muito especial, e nisto, mudaram a alimentação do mundo, não só aqui. Sou fã desta culinária, não tem nada que não goste. Sushi, sashimi, sukiaki,yakisoba, temppanyaki, tempura, robatayki, os modernos temakis e o fantástico sakê, não sei mais viver sem eles.

Incrível como alguns ingredientes estão tão incorporados a nossa culinária que nem notamos mais que têm descendência nipponica, isto é ótimo, já virou comida usual. Eles vieram para enriquecer o nosso caldeirão cultural. Graças!!!

Para participar do desafio, fiz um frango com legumes, shiitake, castanhas, gengibre e molho de soja. Acho que atendem os requisitos do desafio.

Meu querido amigo Paulo de Floripa almoçou aqui em casa no sábado e não podia comer nada pesado, o frango acabou sendo uma ótima opção. Foi bom, volte logo, saudades sempre.
Aí vai a receita:

Ingredientes (Para 8 pessoas)
1 1/2 kg de peito de frango cortado em cubos médios
1 maço grande de brócolis (usei só as flores)
50 gramas de shiitake desidratado
2 cenouras cortadas em rodelas finas
2 cebolas cortadas em pétalas
1 pacote pequeno de broto de feijão
10 pedaços de gengibre fresco
1/2 xícara de molho de soja (shoyu)
1 xícara de castanhas
1/2 xícara de vinho branco ou tinto (usei tinto)
3 colheres de sopa de maisena
1 colher de sopa de manteiga
4 colheres de sopa de óleo de girassol, amendoim ou gergelim (usei girassol)
3 colheres de sopa de gergelim branco ou preto (usei branco)
Sal a gosto

Coloque o shiitake de molho por 1 hora (no mínimo) em água quente. Jogue os talos fora e corte-os em fatias finas.

Tempero o frango com o shoyu, o vinho, 2 colheres do óleo, a maisena, o sal e o
gengibre. Deixe na geladeira marinando por 1 hora.

Aqueça bem uma wok ou frigideira, coloque o restante do óleo e a manteiga, a marinada e jogue o frango, quando começar a dourar acrescente na ordem: shiitake, cebola, cenoura, brócolis e o broto. Quando os legumes e o shiitake estiverem al dente e o frango dourado jogue as castanhas e o gergelim, deixe fritar por 3 minutos. Acerte o sal se achar necessário.
Servi com arroz com canela e raspas de limão.
Bjs.

20 comentários:

ameixa seca disse...

Bela participação. Tá lôca para ganhar o embrulho que viaja desde o Japão né? Eu adoraria receber também ;)
Mas o que conta é homenagear a Akemi e todos os emigrantes!
Fiquei curiosa com o arroz de canela ;) Podes postar a receita?

Raquel disse...

Téia,

Concordo contigo... Viva o Japão! Adoro o povo, eles são maravilhosos, e adoro a comida!
Quero experimentar a receita em breve... depois te conto como ficou!
Bjs,
Raquel

Eliana Scaramal disse...

Os Japoneses são um luxo!! E sua receita é tudo de bom e mais um pouco!

Luciana Macêdo disse...

Que delícia de prato, uma participação e tanto.
Bjs!

Anônimo disse...

hummmm deu água na boca, claro... tem um "quê" de comida chinesa também ou é minha ignorância gastronômica que está me confundindo? O shoyo... a cebola... o broto... enfim, talvez uma culinária influencie a outra. Também fiquei curiosa com relação ao arroz com canela. Ainda mais que ficou com uma corzinha maravilhosa!!! bjs Liz

Glau disse...

Téia, que tudo seu prato! Adorei! Sobrou um pouquinho? Eu aceito! rs

bjos, glau

Téia disse...

Ameixinha: Ah, todas nós queremos ganhar, né? Mimos são sempre bem vindos. Agora, o que nós blogueiras mais gostamos é de achar um motivo para cozinhar, comer e depois ainda termos matéria e fotos para postar. hehehe.Beijo lindinha.

Ameixa e Liz: O arroz de canela é muito simples, faz o arroz normalmente, acrescentando 1 pau de canela na água do cozimento para cada 2 xícaras de arroz cru. Depois de cozido acrescentar 1 colher de chá de canela moída (em pó)(Gostou né Ameixinha?)e 1 colher de chá de raspas de limão. Fica um arroz refrescante. Caso façam, depois me contem. Bjs.

Raquel querida, pois é, eles são ótimos. Faça e me diga se deu certo. Com suas mãos de fada (ai que expressão antiga) só pode dar muito certo.

Eliana e Lu, obrigada pelos elogios, bj as duas.

Ah, Eliana, por favor me manda o endereço do seu blog, não estou conseguindo acessar pelo seu nome. Fico aguardando.

Liz, claro que lembra comida chinesa, estas duas cozinhas têm bastante receitas e ingredientes em comum. Você está certíssima. Só sei que ficou gostoso. kkkk. Bj.

Glau minha linda, cuidado comigo, nunca se ofereça para comer minha comida, que eu vou querer fazer para você provar. Tô aqui em Brasília, é só vir me visitar que eu garanto o "rango".Hehehe. Beijoca.

Akemi disse...

Téia, que delícia de frango é esse? Com todos estes temperos, sabe que chego até a sentir o cheirinho daqui? Querida, muitissimo obrigada pela participação e pelas belas palavras do post! Só fiquei curiosa sobre este evento promovido pela Cecília, qual o blog dela, vc poderia me dizer?
Bjs

Glau disse...

Téia, vixe é melhor vc não convidar pq faz tempo que estou com vontade de conhecer a capital federal... se eu for pra estas bandas, eu te aviso!

bjos, Glau

Iliane disse...

Teia..tá maravilhosa a sua participação..amei a receita..maravilhosa..bjus

Alexandre Magno disse...

Parabéns pelo Blog! Ele realmente é delicioso.. eheheh Chega ser uma maldade... Sucesso!

bjs

Alexandre Magno

Alexandre Magno disse...

Puxa! Obrigado... Apareça por lá sempre que quiser... pena eu estar tão preguiçoso pra escrever...

Da minha, virei aqui sempre.. Virei freguês. Cozinhar é a minha terceira paixão... comer é a segunda...

bjus

Marcia disse...

Delícia Teia, este post
Obrigada pelo comentario, espero que fique melhor. Testando;
bjs

Mari Rezende disse...

Nham nham nham nham, Téééia!!! Eu quero muuuito esse franguinho maravilhoso!! Você escolheu uma receita divina pra participar do desafio!!!
Beijinhos!!!

Téia disse...

Adoro seus comentários. Como sempre digo, meu blog está bem temperado.

Akemi minha querida, mil desculpas, não sei de onde tirei aquela Cecília, ela nem existe. Ai, que vergonha...Acho que foi o horário e a pressa.Quando consegui acabar o post já era 23:50, e corri para mandar o e-mail. Deve ter sido isto. Já corrigi. Beijão.

Glau, faço questão de te receber aqui em Brasília. Quando vier, um tour e a comilança já estão marcados. É uma cidade diferente, com uma arquitetura linda e coisas únicas. Todo brasileiro deveria conhecer aqui. Vale a pena. Te espero. Beijão.

Iliane, obrigada pelos elogios minha linda. A gente faz o que pode. Gostei daquelas almôndegas lá no seu blog. Vou fazer dias destes. Bj.

Alexandre conterrâneo, obrigada pela visita e volte sempre. BJ.

Márcia, eu é que agradeço tão famosa visita. Tô sempre lá no seu. Viu que eu botei ele nos meus blogs favoritos? Abraço apertado.

Mari, você é fácil. Querendo venha aqui em casa. Estava pensando de um dia destes fazer uma reunião com as blogueiras aqui do DF, e quem quiser de outros locais, pode vir também, claro. O que você acha?
Beijinho.

BETO disse...

Téia, adorei conhecer seu blog. Já coloquei um link no meu. Um abraço pra vc e seu marido.

Cláudia disse...

Téia, vc fala hein! Cecília,haha. Morri de rir.Mas tudo bem, acontece comigo também, é que o outro nome da Akemi é Clarice, então vc confundiu. O mais engraçado é que eu li pelo snap shot e lá fica gravado, mesmo depois de corrigido, leva um tempo para sair. Mas indo pra o assunto que interessa, ou seja, o pecado da gula, tá demais esta receita. è muito deliciosa essa carne com todos esses ingredientes. REceita aprovadíssima. Arrasou!

bjs

Téia disse...

Beto: conheço seu blog antes de ser blogueira, ele tem o maravilhoso diferencial do super passo-a-passo. Que paciência. Parabéns! Ah, obrigada por colocar um link. Já vou botar o seu. Bj.

Téia disse...

Cláudia querida, eu falo muito? Imagina!!!!!Será que foi isso que aconteceu? Eu nem sabia que a Akemi chamava Clarice????? Obrigada pelos elogios e grande beijo.

Valentina disse...

Téia, show a tua participação. Tambem amo a culinária japonesa. Achei a idéia da Clarice ótima. E que sorte do teu amigo de comer este prato que parece ter ficado deliciosíssimo.

 
Banquetes e Lanchinhos - Templates para novo blogger