À Mestra com Carinho - Filé Suíno com Abacaxi e Cebolas

segunda-feira, 28 de julho de 2008



A medida que as receitas vão aparecendo, aparecem, também, as inspirações.
Há uns quatro anos atrás o super marido me inscreveu em um curso de culinária, fez o maior mistério, me mandou para um endereço sem dizer o que seria, enfim, ao chegar reconheci o endereço de um maravilhoso restaurante aqui de Brasília, o Restaurante Alice, (hoje se chama Alice Brasserie), o número 1 daqui, isto na opinião da maioria das pessoas, e totalmente confirmado pelos seus diversos títulos, entre eles: Desde 2001 a estrela do Guia Quatro Rodas de Boa Cozinha, Melhor da Cidade em 2003, 2004, 2005 e 2006 por júri da Revista Veja Brasília, Melhor Restaurante Francês e Chef do Ano em dois anos consecutivos, 2005 e 2006.

Após a primeira aula, o que havia era a formação de uma confraria, começamos naquele dia "Os Babetteiros do Alice", em homenagem ao filme a Festa de Babette. Fiz parte deste grupo por mais de 2 anos, neste tempo, nos encontrávamos mensalmente para as aulas e muito mais durante o mês, sempre cozinhando todos juntos. Logicamente ficamos muito amigos, e não nos afastamos até hoje.

Este pontapé inicial dado pelo Miltão, mudou muito o meu estilo e aumentou demais o meu conhecimento de culinária e gastronomia, antes disto, eu praticamente só gostava e sabia cozinhar receitas doces, massas, saladas e tortas. Lá aprendi a fazer pato, peixe, filé, marreco, acompanhamentos, técnicas, ou seja, o melhor da cozinha francesa e internacional.

Aprendi muito com a Alice, ela é uma grande pessoa, uma mestra, a quem eu posso chamar de amiga.

Os babetteiros, assim nos chamamos, além de grandes amigos, foram e são de grande valia, como treinamento, troca de receitas e experiências culinárias, juntamente com o marido (que cozinha que é uma beleza) e minha mãe, são inspiração constante nesta maravilhosa área da gastronomia (e não só).

Obrigada queridos pela ajuda, paciência e por enriquecerem a minha vida.

Deixando os entretantos e indo direto aos finalmentes, em 2005, foi lançado o livro "O Bistrô de Alice", que ganhou dois prêmios no Gourmand World Cookbook Awards 2005 em Madri como melhor livro brasileiro nas categorias Chef Feminina e Harmonização de Pratos e Vinhos.

Recomendo, vale a pena, foi dele que retirei esta deliciosa receita, logo que o abri ela me fez brilhar os olhos, pois adoro carne suína, ainda mais com acompanhamento agridoce. Repeti umas três vezes aqui em casa. É tudo de bom.

Ingredientes (4 porções):

800g de filé de porco
1 lata de abacaxi em calda cortado em rodelas e cada uma em quatro
3 colheres de sopa de azeite
3 colheres de sopa da manteiga (a receita dizia 2 colheres, acrescentei mais uma)
2 cebolas cortadas em tiras
50 ml de caldo de carne
1 colher de sopa de maisena (não tinha na receita, gosto do molho mais grossinho)
1 dente de alho
Suco de 1/2 limão
Sal e pimenta do reino a gosto

Tempere o filé de porco com o sal, a pimenta e o alho.
Aqueça o forno a 18o graus.

Numa frigideria, derreta a manteiga, junte o azeite e doure o filé.

Leve ao forno por uns 5 minutos para terminar o cozimento.

Na mesma frigideira, acrescente mais uma colher de sopa de manteiga e doure as cebolas, adicione o abacaxi, a calda e o caldo de carne, mexa até que esteja ligeiramente caramelizado, junte o suco de limão e a maisena até engrossar.

Enfeite com pimenta rosa. Eu servi com arroz integral com castanhas do pará.

6 comentários:

Luciana Macêdo disse...

Como disse a Elvira, estamos em sintonia. Eu, você e ela postamos receita de porco com abacaxi, só pode ser porque é muito bom, não é mesmo?

Concordo com você que o reaturante da Alice é muito bom e fazer parte desta turma deve ter sido um agradável aprendizado.
Bjs!

Téia disse...

Só pode ser ótimo querida.Sintonia total. E eu pessoalmente adoro esta combinação.

Já comentei contigo que temos receitas parecidas e até iguais, achei super interessante e me identifiquei com você e o Cafezinho.

Há mais de 6 meses, muito antes do meu blog (banqueteselanchinhos.blogspot.com), vocês se tornaram companheiros diários.

De vez em quando a Alice nos reune para uma aula lá na cozinha dela. Pensei em te chamar, se você puder ou tiver interesse, claro, é uma boa oportunidade de reciclar receitas e técnicas culinárias, e também de nos conhecermos.

Quem sabe, né:

Bj.

rogerio disse...

HM, ESSA RECEITA PARECE DIVINA.
ESTOU ESPERANDO ANCIOSAMENTE DUAS RECEITAS EM ESPECIAL, PAVE TIPO CHARGE E MOUSSE DE NUTELA.
ADOREI O BLOG, UTILIZAREI BASTANTE!!
BJ DINDA

Valentina disse...

Téia, quando te conheci tinhas feito este curso.Lembro das histórias. que delícia de prato. Adoro carne de porco.

Téia disse...

Rogerinho meu sobrinho preferido:
Adorei a sua visita, volte sempre e divulgue.
Você é uma das pessoas que convivo que mais gosta de comer e de culinária, apesar de ser muito novinho. Como sua madrinha e tia, espero ser uma boa influência para você no quer fôr possível, na culinária já sei que sou porque você é jurado das minhas receitas. E até hoje só me fez elogios.
Prometo postar o mais rápido possível as receitas que você me pediu. Aproveita e vai praticando.

Beijoca,

Tia Téia.

Tina, você está com a memória boa, hem? Garanto que se fizer não vai se arrepender. Viu que conscidência eu, a Luciana e a Elvira lançando posts quase iguais. É o que eu sempre falo: comadres se entendem até há kilometros de distância.

Beijão.

Iliane disse...

essa carne tá divina..adoro carne de porco..a sua receita ficou incrivel..

 
Banquetes e Lanchinhos - Templates para novo blogger